Esquentando o mercado

Desde 2008 no mercado, a Pimenta Print, atua sob a batuta de Juan Usas, com mais de 18 anos de experiência no mercado gráfico e um consolidado relacionamento comercial, que estabeleceu como pilares para empresa: comprometimento, qualidade, agilidade e prazo, que associados a uma gama de produtos, conduziram a Pimenta Print ao sucesso atual.

ien-16-primetaprint1Consolidada no mercado gráfico para impressões de pequenos, médios e grandes formatos. A Pimenta Print, além de ter equipamentos de última geração, oferece uma grande diversidade de soluções em diferentes mídias: adesivo, banner, fachada, tecido e ponto-de-venda, também desenvolve projetos especiais e ainda disponibiliza serviço de instalação, marcenaria e serralheria propria.

De forma exclusiva e ágil atende seus clientes com uma equipe especializada de consultores altamente qualificados. Instalada numa sede de 2.000 m² conta com toda a infraestrutura necessária para receber as demandas do mercado. 

Apesar deste crescimento e a consolidação de mercado, a Pimenta Print é uma empresa nova. Por isto o Impressão e Negócios foi conversar com o executivo Juan Usas para entender como ele estruturou a empresa para possibilitar este rápido desenvolvimento, como enxerga o cenário econômico atual e qual é a estratégia da Pimenta Print para este ano. 

Impressões & Negócios: Como começou a história da Pimenta Print?

Juan Usas: Em 2008 enxergando uma necessidade do mercado de empresas que associassem qualidade, atendimento e prazo. Criamos a Pimenta Print baseada nos pilares: comprometimento, qualidade, agilidade e prazo. Tanto que na visão da empresa está: ser a melhor empresa do segmento gráfico, reconhecida por sua inovação tecnológica, e pelo alto padrão de qualidade dos serviços, baseada em crescimento sustentável que satisfaça as expectativas de clientes, fornecedores, colaboradores e seus dirigentes. 

Impressões & Negócios: Na Visão da empresa está a inovação tecnologia como um dos alicerces. Como foi o desenvolvimento tecnológico da Pimenta Print?

Juan Usas: A primeira máquina adquirida pela Pimenta Print foi a impressora solvente XJ-740 da Roland DG. No ano seguinte, novos investimentos aconteceram e, novamente, optamos por um equipamento Roland, com outra XJ-740. Recentemente, com o intuito de atender as expectativas dos clientes nas questões: qualidade e prazo - adquirimos mais duas impressoras XF-640 da Roland DG.

Claro que neste período compramos outros equipamentos de outras marcas, mas a nossa história com a Roland DG está marcada na evolução da Pimenta Print. 

Impressões & Negócios: Quais são as áreas de atuação da Pimenta Print?

Juan Usas: Atualmente, a gráfica está consolidada no mercado gráfico para impressões de pequenos, médios e grandes formatos, e conta com a experiência de profissionais há 25 anos no segmento de comunicação visual. 

Trabalhamos com equipamentos de alta tecnologia e oferecemos uma variedade de soluções em diferentes mídias como: adesivo, banner, fachada, tecido e ponto-de-venda.

Pensando sempre em inovação, estamos atuando forte em projetos especiais, contemplando marcenaria, serralheria 

e pintura automotiva. Os destaques têm sido vitrines especiais, displays e totens diferenciados, bem como ponto de venda em grande quantidade.

Impressões & Negócios: Falando um pouco do atual cenário econômico. Como a Pimenta Print enxerga o mercado de comunicação visual?

ien-16-primetaprint2Juan Usas: Não tem como negar que a crise está instalada em nosso país, no entanto, prevendo esse cenário para 2016 tomamos algumas medidas preventivas e aproveitamos a oportunidade para inovar, desenvolvendo materiais diferenciados para PDV e projetos especiais. 

Impressões & Negócios: Como a empresa se posicionou diante deste cenário de retração econômica?

Juan Usas: Trabalhando muito e oferecendo diferenciais aos clientes. Nos adaptamos às necessidades do mercado e otimizamos nosso parque gráfico, com upgrade das máquinas para impressão digital e mesas de corte eletrônico. Além de constantes treinamentos para nossos colaboradores visando: qualidade e produtividade. 

Impressões & Negócios: Este ano deveria ser um bom ano para o mercado comunicação visual em função das Olímpiadas Rio 2016 e as Eleições. Quais são as expectativas da Pimenta Print para estes dois megaeventos?

Juan Usas: Produzimos para Visa os materias que a empresa utilizou na Copa das Confederações e na Copa do Mundo. A qualidade dos trabalhos que foi inclusive homologada pelo cliente, nos habilitou trabalhar novamente para eles nas Olímpiadas Rio 2016. Além de outros clientes que também estamos atendendo. Este ano, a produção é maior principalmente em PDVs. Já para as eleições, como nossos produtos tem muita qualidade e durabilidade, acreditamos que nosso custo não nos torne competitivos. 

Impressões & Negócios: Já que falou de qualidade e durabilidade. Qual o perfil do cliente da Pimenta Print?

Juan Usas: Atualmente nossa carteira é bem diversificada, clientes diretos e agências de propaganda. A maioria são clientes diretos que buscam custo e qualidade, temos bons clientes no ramo de vestuário, alimentos e produtores de tecnologia.

Impressões & Negócios: No início da conversa falou da parceria com a Roland DG. Quais equipamentos da empresa a Pimenta Print trabalha?

Juan Usas: Além das XJ-740 que já mencionei. Recentemente adquirimos duas XF-640, uma sublimação para produção em tecidos e outra solvente para produção de material para comunicação visual em geral.

Impressões & Negócios: Porque escolheu os equipamentos Roland DG?

Juan Usas: Começamos com equipamento Roland DG e quando sentimos a necessidade de reinvestir buscamos várias opções, mas pesou muito em nossa decisão optar pela Roland DG por causa da tecnologia nova empregada em velocidade e qualidade e, claro, o sistema de Trade in.

Impressões & Negócios: Para finalizar nossa conversa. Quais são os planos da Pimenta Print para este segundo semestre?

Juan Usas: Até o final do ano de 2016 iremos para uma sede própria. Este é nosso principal projeto. 

funcionamento da máquina.

Outro ponto que merece destaque é a qualidade de atendimento da empresa, nunca trabalhamos com uma empresa assim. •